Aprenda a Arte de Dizer Não, de Maneira Respeitosa e Sem Constrangimentos

Aprenda a Arte de Dizer Não, de Maneira Respeitosa e Sem Constrangimentos

Aprenda a arte de dizer não. Quantos limites você estabeleceu, permitiu uma certa flexibilidade, por querer evitar constrangimentos, e que acabaram por ser rompidos?

Mais do que alguns, certo? Então, será que estabelecer limites não funciona, ou eles não funcionam para você. Aqui está a questão: eles funcionam.

O problema é que, embora haja muita informação sobre quais limites estabelecer e como eles são úteis, não há muita informação sobre como estabelecer limites e mantê-los.

Como definir limites que funcionam

Quero ajudá-la, a partir de minhas experiências, e como me tornei qualificada e aprendi a estabelecer limites, então compartilho a seguir a fim que você consiga obter os benefícios que eu consegui.

Benefícios como: evitar o esgotamento, passar o tempo como quiser, viver suas paixões e sentir-se mais compassivo.

Veja como, e aprenda a arte de dizer “não” e como estabelecer limites que funcionem para você. Para iniciar este exercício, basicamente você vai prestar atenção métodos ou técnicas que desenvolvi:

  1. Estabelecer limites
  2. Saber o que precisa
  3. Ser assertiva
  4. Não ser agressiva

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

O que é um limite (e não é)

Limites são regras que estabelecemos para nós mesmos, nos ajudam a proteger emocional, espiritual, mental e fisicamente dos outros.

Eles são guardas para o nosso bem-estar. Quando você estabelece limites, sabe de antemão o que permitirá e o que não permitirá.

O que faz sentido. Mas nem sempre é assim que implementamos limites.

Aqui está o que um limite não é. Um limite não é uma maneira de controlar outras pessoas. Você não estabelece limites para terceiros.

Você não está realmente tentando levá-los a fazer nada. Esta é uma parte fundamental da definição de limites.

Aprenda a arte de dizer não

Por exemplo, se você estabelecer um limite que seja: “Mãe, se você tentar discutir meus hábitos alimentares em reuniões de família, vou sair da sala”. Esse é um limite limpo e claro.

Se mamãe falar sobre sua comida, você sai da sala. Feito. Por outro lado, se o seu limite é: “Mãe, eu não vou à reunião de família. Então, você não está estabelecendo um limite.

Você está tentando controlar alguém. Para mergulhar um pouco mais fundo para aprender a arte de dizer “não”, confira Limites. Quando Dizer sim. Quando Dizer Não, de Henry Cloud e John Townsend.

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

Saiba o que você realmente precisa

Parte da definição de um limite que vai funcionar é saber o que você está tentando realizar com o limite.

Talvez você precise ter uma separação mais clara do trabalho e de seu tempo pessoal, para definir um limite em torno de quando estará ou não disponível após o horário de trabalho.

Talvez você precise se proteger emocionalmente de pessoas cujos valores e crenças fundamentais não se alinham com os seus.

Qualquer limite que você está estabelecendo precisa vir de algo que você precisa. Às vezes, praticamos enterrar o que precisamos, então pode ser difícil chegar à raiz disso.

Passar algum tempo escrevendo sobre o tópico pode ajudá-lo.

Aprenda a arte de dizer não

Digamos que você queira definir um limite em torno de quando está disponível para seu chefe após o horário de trabalho, mas o motivo é confuso.

Dar a si mesma a oportunidade de fazer um diário sobre seu chefe pedindo comunicação fora do horário de trabalho pode ajudá-lo a entender melhor quais são suas necessidades reais, o que o ajudará a estabelecer limites para esse trabalho.

Precisa de um pouco mais para chegar à raiz de suas necessidades?

Experimente o livro Quebrando o hábito de ser você mesmo: Como reconstruir sua mente e criar um novo eu, de Joe Dispenza .

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

Entenda por que manter o limite é difícil

Definir um limite é apenas metade do processo.

Você também precisa mantê-lo. Se você é alguém que luta para manter seus limites, precisa chegar à raiz disso também.

Eu costumava igualar meu valor ao quão feliz eu poderia manter as pessoas ao meu redor.

Isso é comum, especialmente porque a sociedade muitas vezes ensina as mulheres a acreditar que seu valor é baseado no que os outros pensam…

Contudo, acontece que eu nunca fiz todo mundo feliz de qualquer maneira. Então, definir e manter limites é mais fácil para mim agora.

Também pode ser mais fácil quando você reconhece que é uma área de fraqueza. Parece contraintuitivo, talvez, mas é assim que funciona.

É como quando você decide eliminar os doces. Então alguém entra no trabalho com uma caixa de bombons.

Reconhecer que você pode querer e não comer um bombom pode facilitar a manutenção do seu limite. Mas não é sobre menosprezar-se.

Não é, “Eu disse que não ia comer chocolate. Eu não deveria querer aquele bombom.” É mais, “Oh, claro que eu quero aquele bombom. Eu amo chocolate.

Mas eu realmente não tenho que comê-lo. E estar desconfortável agora é ok. Logo mais, ficarei feliz por ter mantido meu limite.

Portanto, se você está lutando para manter seus limites, lembre-se desses componentes:

  • Verifique se você não está tentando controlar os outros.
  • Defina um limite que chegue ao que você realmente precisa.
  • Certifique-se de que não está tentando agradar às pessoas às custas de si mesmo.
  • Perceba que novos limites serão desconfortáveis ​​no início.

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

Seja assertivo, não agressivo

Assim, se você nunca estabeleceu limites antes, ou teve limites porosos, estabelecer limites que funcionem pode desafiar as pessoas ao seu redor.

Haverá tensão. Novamente, tudo bem. Você não está tentando controlá-los e não deve a eles ultrapassar seus limites.

Um limite firme e inquebrável é aquele que funcionará. Você não precisa convencer ninguém, então não há necessidade de ser agressivo quanto a isso.

Trabalhe para desafiar sua culpa sobre o limite. Por exemplo, se o seu parceiro é introvertido e prefere os fins de semana em casa abraçados no sofá, mas você é um extrovertido que adora sair com os amigos, você pode definir um limite em quantos fins de semana você passa com seus amigos e quantos você está com seu parceiro.

Mas a princípio, seu parceiro (ou amigos!) pode retrucar dizendo: “Mas você não sabe que ficarei sozinho sem você aqui?” A solidão dele é um problema dele.

Você não os está abandonando quando escolhe encher seu próprio copo. E você não está dizendo que nunca vai abraçar. Você está dizendo que não vai apenas abraçar.

Se você acha que pode precisar de ajuda para estruturar sua discussão e limites, leia O poder do hábito, de Charles Duhigg.

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

Florescer

Aprender a definir os limites leva tempo e prática. Permita-se o espaço para crescer e aprender o que funciona melhor para você.

Será difícil e estranho praticar a manutenção de seus limites no início, mas à medida que você se acostumar, será mais fácil.

Além disso, aprender a se dar espaço para prosperar é uma recompensa em si. Quando você estabelece limites que funcionam, agora você pode se sentir presente quando está com sua família, no controle de como você aplica seu tempo e pode participar das atividades que deseja.

Então, para você que diz “não”? Existe um limite que você estabeleceu que mudou sua vida? Como você se certificou de manter o limite?

A arte de dizer não envolve escolhas e renúncias!

A Arte de Dizer Não

A Arte de Dizer Não

Minhas experiências com a rotina trabalho, algumas situações envolvendo família me levaram a fazer uma autoanálise de tudo que estava passando e então comecei a estudar maneiras para dizer não.

Passava por situações que estavam me consumindo, me atrapalhando e na maioria das vezes era situações facilmente descartáveis, apenas o que atrapalhava, era o sentimento causado pelo constrangimento de ter que dizer não.

Foi então que tive que dar o primeiro passo a começar a estabelecer limites, entender o que realmente eu precisava, ser assertiva e ao mesmo tempo, como tratar com as pessoas sem ser agressiva ao dizer um simples não.

Compartilhe conosco, vamos adorar saber, fale conosco, facebook, Instagram.

Equipe Tudo Gosto Blog!

Tags

A arte de dizer não

Fabricio Lima

Fabricio Lima

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Como Escolher E Comprar Bem

Como Escolher E Comprar Bem

Quando se trata de presentear uma mulher, a moda pode ser uma escolha brilhante, confira nossas 31 dicas de presentes de moda para mulheres. Afinal, a moda é uma f...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.